0 a 5 anos
Os problemas referentes à necessidade de tratamento ortodôntica estão cada vez mais frequentes devido a diversos fatores relacionados à alteração de comportamentos da contemporaneidade.
Desta maneira, prevenir que estes problemas aconteçam, implica em cuidados desde a gestação e durante o aparecimento dos dentes de leite.
A clínica proporciona este acompanhamento com medidas preventivas que ajudarão a evitar problemas ortodônticos mais severos no futuro, bem como, em muitos casos até evitando que aconteçam.
Cuidar durante todo o desenvolvimento infantil, além de promover mais saúde evita tratamento e gastos desnecessários no futuro.

Pré Natal Odontológico

Os cuidados da mãe com sua saúde bucal são fatores que podem influenciar na saúde bucal do bebê. Problemas como infecções e inflamações bucais na gestante são capazes de afetar o desenvolvimento dos dentes do bebê bem como causar partos prematuros ou preclampsia.

A gestante pode sofrer de episódios frequentes de enjoo e vômitos que aumentam a sensibilidade dos dentes. Devido alterações hormonais típicas da gestação, as gengivas podem apresentar maior sensibilidade podendo sangrar com mais facilidade e acarretando outros problemas bucais.

O período ideal para a mãe procurar atendimento profissional é no segundo trimestre da gestação. Neste período, a gestante encontra-se com mais disposição para permanecer deitada na cadeira odontológica por um período maior de tempo sem prejudicar o bebê. O final da gestação nem sempre é um bom momento para tratamentos odontológicos.
No entanto, é importante saber que em caso de necessidade, o tratamento odontológico poderá ser sempre realizado em qualquer fase da gestação com alguns cuidados especiais.

Odontologia Intra-uterina

Iniciação à saúde bucal da gestante e do bebê no pré-natal odontológico. Todo o tratamento e orientação quanto à amamentação, escovação dos dentes do bebê, chupetas, mamadeiras, dentre outros.

Na gravidez a gestante apresenta alterações hormonais que alteram a gengiva. Nesta fase pode ocorrer maior sangramento e inflamação gengival que podem impactar na saúde da gestante e do bebê. Cuidados com a gengiva durante este período são muito importantes.

Atendimento clínico da gestante e do recém-nascido – Condicionamento do bebê ao consultório. Selantes e flúor. Remineralização e paralisação do desenvolvimento das lesões iniciais de cárie sem a necessidade de restaurações. Tratamento preventivo e curativo.

Saiba como Manter a saúde bucal de seu bebê


Quando começar a higienizar a boquinha do bebê:

Quando não há dentes na boca do bebê não há necessidade de higienizar a boquinha. Após o aparecimento do primeiro dentinho iniciamos as escovações com escovas macias específicas para bebês e com pasta de dente fluoretada 1000 ppm F em pequenas quantidades (grão de arroz cru).


A amamentação propiciará melhor alinhamento da dentição do bebê devido ao desenvolvimento dos maxilares, diminuindo a necessidade futura de aparelhos ortodônticos:

– A amamentação prepara o bebê para a mastigação e respiração nasal.
– Se não for possível amamentar seu bebê, é importante a orientação do dentista sobre o bico adequado para mamadeira
Cuidado com a mamadeira…
– Ela favorece o aparecimento da cárie rampante ou a cárie de mamadeira . Esta cárie pode ocorrer em todos os dentes da criança e está associada à mamada ou à alimentação doce dada principalmente durante noite;
– Importante: O bebê de 6 a 8 meses já pode ter cárie se tiver dentes.

Maus hábitos:
– Deve-se evitar que seu bebê tenha hábitos como chupeta e sucção de dedo, que afetam o desenvolvimento dos dentes e trazem também conseqüências danosas à fala e à respiração;
Na hora da sopinha…
– A mamãe deve evitar assoprar, experimentar o sabor, ou a temperatura do alimento na colher ou no copo do bebê, pois poderá levar bactérias de sua boca para a boquinha de seu filho, transmitindo doenças para a criança.

Como realizar higiene bucal no seu bebê:
– Antes do nascimento dos dentes não é necessário higienizar a boquinha do bebê. Você pode e deve dar mordedores parecidos com escovinhas para que a criança comece a se familiarizar com a escova.;
– Os primeiros dentes podem ser escovados com escova unitufo ou específicas para bebês para que o seu filho vá desenvolvendo o hábito de higienização adequada.;
– Consulte seu dentista, há muita informação a receber.